Quadrinhos Nacionais contra a Corrupção

Hoje é dia do quadrinho nacional. Resolvi aproveitar a deixa para falar sobre aqueles quadrinhos que fogem do lugar comum para fazer crítica àquilo que vemos todos os dias em nosso país: corrupção na política.

Não é de hoje que a situação política no Brasil vai de mal a pior. Se todos os dias vemos notícias de denúncias de políticos corruptos, era questão de tempo até que esse cenário tenebroso servisse de inspiração para artistas da nona arte expressarem a sua revolta. Elencarei aqui alguns deles, que surgiram nos últimos anos.

CorruPTos? Mas quem não é?
Ano: 2006
Autor: Diogo Salles

Humor e crítica política sempre andaram juntos. Basta ver as charges diárias dos principais jornais do país e os cartunistas que se fizeram descendo a lenha (com razão) nos políticos safados. Nesta revista de 48 páginas, o autor aborda principalmente a questão da corrupção do PT, contando-a em capítulos de forma cartunesca, mas sem esquecer, também, a corrupção de outros partidos.

Revolta!
Ano: 2012
Autor: André Caliman

Inspirada nas manifestações de 2012, narra a história de um grupo de amigos que se depara com um vigilante que matava políticos corruptos e então têm a chance de realmente fazer algo para tentar mudar o cenário do país. Contudo, a vida do crime não é para qualquer um e eventualmente eles terão de encarar as consequências pelos seus atos.

Site oficial

Cavaleiro da Luz
Ano: 2012 (apenas digital)
Autor: Leonardo Melo (roteiro) e vários artistas.

Ambientada em um futuro não muito distante (2022), onde as desigualdades sociais atingiram o ápice e a população brasileira vive em apatia total, um vigilante decide tomar as rédeas da justiça e inicia uma jornada pelo país caçando políticos corruptos. Ele visita capital por capital, até que suas ações iniciam uma verdadeira revolução que culminará com ele tomando o poder. É aí que seus verdadeiros problemas começam.

Leia aqui na Quadrinhópole
Leia no Social Comics

O Doutrinador
Ano: 2015 (na internet desde 2013)
Autor: Luciano Cunha

Um ex-militar decide acabar com a corrupção do país na base da bala, caçando políticos, empresários ou mesmo pastores religiosos envolvidos em crimes do colarinho branco.
A história será adaptada para o cinema, atualmente estando na fase de filmagens em São Paulo.

Site oficial

Egum
Ano: 2015
Autores: André Alonso (roteiro) e vários artistas.

Esta HQ é mais voltada ao misticismo, mas não poderia deixar de figurar nessa lista, já que o protagonista é um político corrupto. Acostumado com manipulações e roubos, ele morre em plena candidatura e então começa, no além vida, uma jornada de redenção.

Página do Facebook

Teocrasília
Ano: ainda não lançado (previsão do primeiro livro para 2018)
Autor: Denis Mello

Diferente dos demais, a HQ explora um futuro distópico onde a religião tomou conta do governo, ou seja, procura apontar as prováveis consequências do que está, hoje, se tornando perigosamente cada vez mais comum. Curiosíssimo para ver esse trabalho do grande Denis!

Página do Facebook

Com certeza devo ter esquecido muitos. Quem quiser pode comentar aí embaixo que eu atualizo o post, beleza? E vamos torcer para que as coisas mudem. O tema já está começando a ficar manjado…

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta