Heroes Reborn

Heroes-Reborn-Tv-Series-Poster-HD-Wallpaper

Bem, eu já apontei inúmeros fatores do por quê da primeira encarnação de HEROES ter dado errado – surpreendentemente um dos posts mais comentados aqui do blog. Mas e aí, será que REBORN conseguiu redimir os erros do passado?

Bem, a essas alturas você deve até saber que a série já foi cancelada, ou seja, não vai nem passar da primeira temporada. Então, a resposta, obviamente é NÃO. E por quê?

Olha, dá pra ver que os caras até tentam. Trouxeram novos personagens, continuou de onde a série havia parado e o tempo todo faz referências ao passado. Só que não dá. Eu juro que não é birra com a série, eu realmente queria que ela vingasse, mas tem coisas que ficam difíceis de deixar passar.

1 – A Trama.

Basicamente a mesma de quase todas as temporadas anteriores: um vilão (no caso, uma vilã) que orquestra uma catástrofe que poderá destruir a humanidade, ao passo que os heróis – agora chamados de “EVO´s” – têm de impedir o acontecimento cataclísmico ao mesmo tempo em que são caçados, seja para aprisionamento e aproveitamento de suas habilidades, seja para serem exterminados mesmo. Nada de novo aqui.

E não aprenderam que não é legal ficar brincando com viagens no tempo. Apesar dos alertas do Hiro, Bennet vai lá mais uma vez voltar no passado para tentar impedir um acontecimento importante. E adivinhe só? É claro que dá merda.

Enfim, nos primeiros episódios você até se empolga para querer saber o que está acontecendo e no que aquilo vai levar – como nas outras temporadas – mas no fim, acaba sendo mais do mesmo – como nas outras temporadas.

2 – Os Personagens

A impressão que se tem é que eles tentaram trazer o máximo de personagens da série antiga de volta. Como só conseguiram uma meia dúzia – Noah Bennet, Hiro Nakamura, o Haitiano, Angela Petrelli, Mohinder Suresh, Matt Parkman, Micah Sanders – construíram a trama em cima disso, com a justificativa de que alguns dos principais agora estão mortos (e outros morrem nessa temporada mesmo, sorry pelo spoiler). E outros, como Peter, Sylar, Ando, etc. nem se dão ao trabalho de explicar o que houve com eles.

E os novos? Bem, Noah Bennet acaba sendo meio que o protagonista desta nova série, ficando no meio entre dois gêmeos que precisam se encontrar para evitar a tal da catástrofe. A menina até que é bonitinha e trabalha bem, sendo uma boa substituta para a Claire e de quebra tirando todo aquele draminha de adolescente que eu, particularmente, nunca suportei. Mas o guri não tem o menor carisma e fica o tempo todo com uma cara de bobo, sendo que não convence em momento algum.

Aí temos um casal de vigilantes que passa a caçar os EVO´s por conta da morte de seu filho, porque, você sabe, tem que ter uma história de vingança e nada mais natural do que um casal comum largar sua vida para cair na estrada matando gente.

Também temos uma japonesa que na verdade é uma personagem de video game que ganhou vida e acaba sendo ajudada pelo maior gamer do planeta. Não, não estou zoando, é sério mesmo isso. O arco desses dois é, de longe, o pior da série toda. Ganha até do arco da Nikki/DL/Micah, no qual eu ficava o tempo todo assistindo com aquela cara de Homer Simpson e gritando “boooooorinnnnng…”.

Noah ganha um parceiro que era para ser o alívio cômico da série, mas no fim é só mais um idiota, embora não seja pior do que a irmã, uma imbecil que vira vilã só para “ter um propósito” na vida.

Mas o melhor ainda está por vir. Para fechar o pacote completo de clichês, temos um vigilante mascarado mexicano que se intitula… aheheehehehehehehh… não, calma, deixa eu respirar fundo. Tá, lá vai: “El Vingador”.

Em resumo, personagens rasos, fracos, que não convencem em nenhum momento, conectados por uma trama fraca, infestada de buracos no roteiro que eu nem vou listar aqui porque não vale a pena. A série termina com um pequeno gancho que até poderia ser interessante, mas conhecendo HEROES, acabaria virando mais do mesmo.

Enfim, é uma pena. Heroes Reborn era a chance de redenção de uma série que merecia vingar, mas acabou por sepultá-la de vez.

Anúncios

Deixe uma resposta